Entrar na justiça contra empresa que trabalhei suja a carteira?

Entrar na justiça contra empresa que trabalhei suja a carteira?

Compartilhar

Muitos trabalhadores acabam recorrendo à Justiça para garantir seus direitos que não foram cumpridos pelo empregador durante a vigência do contrato de trabalho.

No entanto, é muito comum encontrarmos situações em que os trabalhadores acabam ficando receosos com o ingresso na justiça contra a empresa, por medo de ficar “manchado” no mercado de trabalho.

Podemos dizer que isso é um mito antigo que representa até mesmo uma desinformação por parte dos trabalhadores. Nesse sentido, hoje entenderemos melhor este tema para acabar com mitos relacionados ao ingresso do trabalhador na Justiça para requerer seus direitos.

Entrar com ação contra empresa pode sujar minha carteira?

Primeiro ponto a esclarecer aqui é que não existe uma “blacklist” de trabalhadores que entraram contra a empresa em que trabalhou, o que acabaria dificultando sua contratação em um novo emprego.

O que devemos esclarecer aqui é que o trabalhador enquanto pessoa deve buscar sempre os seus direitos, ou seja, caso você tenha sido lesado, tendo seus direitos violados, é o seu dever correr atrás para recuperar apenas o que é de seu direito.

Além disso, uma empresa não tem acesso se o trabalhador está movimentando uma ação trabalhista, ela conseguirá apenas identificar se o trabalhador está sendo processado, ou seja, que é réu de alguma ação, mas não o contrário.

Isso significa que não existe uma certidão negativa de processos trabalhistas para o trabalhador. Ou seja, o profissional não ficará com o “currículo manchado” caso opte por processar uma empresa em busca dos seus direitos trabalhistas.

 

Fonte: Jornal Contábil

Notícias Relacionadas

Receba conteúdos sobre nossas especialidades em seu e-mail.

Atendimento Online Advogado

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo:

🔴 ALERTA DE GOLPE 🔴

Inúmeros clientes de escritórios de advocacia em geral estão sofrendo tentativas de golpes desde 2022 por telefone e WhatsApp.

Os dados de processos, no Brasil, são públicos. Isso facilita as ações de golpistas.

Por isso, se você receber qualquer contato em nome do escritório ou dos Drs. Gutemberg Amorim e Yunes Marques e Sousa solicitando envio de valores via Pix, desconfie!

Esse não é um procedimento do escritório.

Dúvidas, ligar para (62) 3091-7443.