Itaú indenizará por golpe aplicado em ligação feita ao número do banco

Itaú indenizará por golpe aplicado em ligação feita ao número do banco

Compartilhar

Cliente que foi vítima de golpe através de ligação feita ao número do Itaú que constava em seu cartão, será indenizado em danos materiais e morais. 

No presente caso, o autor alega que recebeu uma ligação em seu telefone fixo de uma pessoa que se identificou como funcionário do banco (no qual possui conta corrente), sobre uma suposta transferência que desconhecia.

Seguindo as orientações recebidas, ligou para o telefone informado (o mesmo que constava em seu cartão, como sendo do atendimento do Itaú), tendo, então, também conforme orientação do suposto funcionário, passado os dados de sua conta (inclusive a senha e Token).

Contudo, posteriormente, descobriu que fora vítima de um golpe e que foram realizadas diversas transações em sua conta, que totalizaram o valor de R$ 3.553,74.

Banco possui responsabilidade no golpe

Na análise do caso, a juíza Cláudia Regina Bento de Freitas, do 1º JEC da Barra da Tijuca/RJ, considerou a responsabilidade da financeira pelos danos causados ao consumidor.

Ela destacou que, conforme informado pelo autor e comprovado nos autos, na ligação por ele recebida, a pessoa teria se identificado como funcionário do Itaú, sendo que, na sequência, o próprio autor ligou para o telefone informado (o mesmo que consta no cartão do banco), e que tais fatos foram primordiais para que acreditasse quanto ao risco de sua conta junto à financeira, e passasse as informações que lhe foram solicitadas.

“Importante destacar que o entendimento jurisprudencial já pacificado é de que, ainda que se trate de fraude perpetrada por terceiro, tal fato se configura como um fortuito interno da instituição financeira, com a consequente responsabilidade objetiva do réu pelos danos suportados pela autora, como se verifica no Enunciado da Súmula n° 479 do Superior Tribunal de Justiça.”

Assim sendo, fixou danos materiais em R$ 3.553,74, referente ao valor subtraído de sua conta, além de danos morais em R$ 6 mil.

Processo: 0814080-17.2022.8.19.0209

Fonte: Migalhas 

 

Notícias Relacionadas

Receba conteúdos sobre nossas especialidades em seu e-mail.

Atendimento Online Advogado

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo:

🔴 ALERTA DE GOLPE 🔴

Inúmeros clientes de escritórios de advocacia em geral estão sofrendo tentativas de golpes desde 2022 por telefone e WhatsApp.

Os dados de processos, no Brasil, são públicos. Isso facilita as ações de golpistas.

Por isso, se você receber qualquer contato em nome do escritório ou dos Drs. Gutemberg Amorim e Yunes Marques e Sousa solicitando envio de valores via Pix, desconfie!

Esse não é um procedimento do escritório.

Dúvidas, ligar para (62) 3091-7443.