Mulher que descobriu empréstimo não solicitado será restituída

Mulher que descobriu empréstimo não solicitado será restituída

Compartilhar

O juiz de Direito Rafael de Carvalho Paes Leme, da vara Cível de Chopinzinho/PR, determinou a restituição de valores descontados indevidamente do benefício previdenciário de uma mulher. O magistrado concluiu que laudo pericial comprovou que o empréstimo foi firmado por meio de uma assinatura falsificada da consumidora, “havendo notória falha na fiscalização dos documentos e assinaturas”. 

Consta nos autos que a beneficiária negou ter contratado empréstimo consignado com o banco, motivo pelo qual pleiteou a devolução dos valores descontados de forma indevida de sua conta. Em defesa, a instituição financeira sustentou que a contratação questionada ocorreu de forma regular.

Laudo pericial

Ao analisar o caso, o juiz verificou que laudo pericial grafotécnico realizado concluiu que a assinatura do contrato atribuída à mulher “não foi produzida pelo punho escritor da consumidora”. Nesse sentido, comprovou-se que o caso trata de operação fraudulenta.

“Trata-se de fraude, situação que tem se mostrado comum nos últimos anos, havendo notória falha na fiscalização dos documentos e assinaturas pelas instituições financeiras, o que se evidencia pela enorme quantidade de demandas discutindo o mesmo tema.”

Por fim, o magistrado determinou a devolução de forma simples os valores descontados indevidamente da conta da consumidora.

 

Processo: 0000551-17.2021.8.16.0068

Fonte: Migalhas

Notícias Relacionadas

Receba conteúdos sobre nossas especialidades em seu e-mail.

Atendimento Online Advogado

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo:

🔴 ALERTA DE GOLPE 🔴

Inúmeros clientes de escritórios de advocacia em geral estão sofrendo tentativas de golpes desde 2022 por telefone e WhatsApp.

Os dados de processos, no Brasil, são públicos. Isso facilita as ações de golpistas.

Por isso, se você receber qualquer contato em nome do escritório ou dos Drs. Gutemberg Amorim e Yunes Marques e Sousa solicitando envio de valores via Pix, desconfie!

Esse não é um procedimento do escritório.

Dúvidas, ligar para (62) 3091-7443.