Plano de saúde deve fornecer tratamento a paciente com câncer no rim

Plano De Saúde Deve Fornecer Tratamento A Paciente Com Câncer No Rim

Compartilhar

O paciente alegou que é beneficiário de plano de saúde e foi diagnosticado com câncer no rim, com metástases ósseas e depois de várias tentativas feitas com tratamentos e medicamentos, sem sucesso, o médico prescreveu tratamento quimioterápico com medicação denominada Opdivo.

O plano de saúde, entretanto, se negou a fornecer o tratamento necessário.

Ao analisar o caso, a magistrada observou que a Anvisa estendeu a bula do biológico Opdivo para tratamento em monoterapia ou em combinação com Yervoydo melanoma avançado (irressecável ou metastático), com ou sem tratamento prévio.

Para a juíza, é indiscutível a urgência, já que se trata de doença gravíssima e que requer tratamento imediato que visa a sobrevida do paciente.

“Esperar o contraditório, bem como o deslinde da ação, trará, certamente, prejuízos irreparáveis ou de difícil reparação para o autor. Assim, não cabe ao plano negar a entrega de medicamentos necessários ao eficaz tratamento.”

Dessa forma, deferiu o pedido para determinar que o plano de saúde providencie todo tratamento prescrito, em 48 horas, sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

Processo: 1014113-04.2021.8.26.0196

Fonte: migalhas.com.br

Deseja atendimento? Clique aqui

Notícias Relacionadas

Receba conteúdos sobre nossas especialidades em seu e-mail.

Atendimento Online Advogado

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo:

🔴 ALERTA DE GOLPE 🔴

Inúmeros clientes de escritórios de advocacia em geral estão sofrendo tentativas de golpes desde 2022 por telefone e WhatsApp.

Os dados de processos, no Brasil, são públicos. Isso facilita as ações de golpistas.

Por isso, se você receber qualquer contato em nome do escritório ou dos Drs. Gutemberg Amorim e Yunes Marques e Sousa solicitando envio de valores via Pix, desconfie!

Esse não é um procedimento do escritório.

Dúvidas, ligar para (62) 3091-7443.