Supremo Tribunal Federal deve julgar a revisão da vida toda em junho

Supremo Tribunal Federal deve julgar a revisão da vida toda em junho

Compartilhar

O Supremo Tribunal Federal (STF) agendou entre 4 e 11 de junho o julgamento da “revisão da vida toda” da aposentadoria.

Na ocasião, será decidido se os aposentados terão ou não direito a considerar em seus benefícios todas as contribuições previdenciárias já feitas à Previdência Social.

Até o momento, os valores em outras moedas ficam de fora do cálculo, entrando na conta somente quantias pagas com a moeda real a partir de 1994, ano de implementação do Plano Real. A medida gera prejuízos aos contribuintes anteriores a essa data.

A Procuradoria Geral da República (PGR)  seguiu o entendimento do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), defendendo que o INSS deve considerar todas as contribuições previdenciárias, mesmo antes do Plano Real.

Caso a decisão seja favorável aos aposentados, todos que entraram com ação na justiça antes do julgamento (só é permitido fazer o pedido de revisão nos primeiros 10 anos de aposentadoria) irão receber o valor do período dos últimos 5 anos calculados com juros e correções.

Lembrando que, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) já havia reconhecido o direito à revisão.

Fonte: contabeis.com.br

Deseja atendimento? Clique aqui

Notícias Relacionadas

Receba conteúdos sobre nossas especialidades em seu e-mail.

Atendimento Online Advogado

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo:

🔴 ALERTA DE GOLPE 🔴

Inúmeros clientes de escritórios de advocacia em geral estão sofrendo tentativas de golpes desde 2022 por telefone e WhatsApp.

Os dados de processos, no Brasil, são públicos. Isso facilita as ações de golpistas.

Por isso, se você receber qualquer contato em nome do escritório ou dos Drs. Gutemberg Amorim e Yunes Marques e Sousa solicitando envio de valores via Pix, desconfie!

Esse não é um procedimento do escritório.

Dúvidas, ligar para (62) 3091-7443.