Tipos de Seguros e suas Negativas

Como o próprio nome já diz, um seguro tem a finalidade de trazer segurança para quem o contrata. Existem vários tipos de seguros no mercado, que podem trazer inúmeros benefícios para você e sua família.

Todavia, essa certeza pode ser alterada diante de uma negativa de cobertura. Seja em razão da inadimplência no pagamento do serviço, não cobertura de risco ou por qualquer outro motivo, é importante saber como agir.

Importante: antes de adquirir um seguro, não deixe de checar se a empresa seguradora é reconhecida pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados).

Conheça agora os tipos de seguros mais comuns.

1- Seguro de acidentes pessoais

Costuma ser uma opção viável para quem costuma viajar com frequência. Além da cobertura por falecimento ou invalidez, geralmente esse tipo de seguro cobre despesas médico-hospitalares durante uma viagem.

2- Seguro de automóvel

O seguro para automóveis é um dos mais adquiridos atualmente. A preocupação com a segurança do bem, assim como a cobertura para eventuais colisões e problemas técnicos, leva as pessoas a buscarem por essa modalidade de seguro.

3- Seguro patrimonial

Destinado à proteção de residências e empreendimentos comerciais, o seguro patrimonial cobre eventuais danos que possam ocorrer nestes lugares.

Sua proteção abrange a estrutura e o que está dentro dela contra incêndios, roubos e furtos, acidentes naturais, etc. Alguns seguros nessa categoria oferecem serviços como encanador, chaveiro, eletricista, entre outros.

4- Seguro de vida

Provavelmente é o mais conhecido pelas pessoas. Possui garantias como falecimento, invalidez, doenças temporárias, assistência funeral, etc.

A depender do tipo de serviço contratado, é possível incluir dependentes para coberturas adicionais e o titular pode fazer o resgate do valor da indenização — mesmo que ainda esteja vivo. Essa opção pode ser viável para uma eventual dificuldade financeira.

5- Negativas de seguros

Um seguro é firmado por meio de um contrato entre as partes, também chamado de apólice. Nesse documento consta todas as informações necessárias para o início da relação de consumo entre a empresa seguradora e o cliente.

Por isso, ao se falar em negativa de cobertura de um seguro, a primeira coisa que deve ser levada em conta é a análise da apólice. Assim, será possível saber quando o seguro deve ser acionado e quais são as condições para a cobertura do sinistro.

Havendo ilegalidade por parte da seguradora, o consumidor pode buscar alternativas para ter sua questão solucionada.

O ideal é contar com ajuda especializada de um advogado para saber o que pode ser feito, qual é o prazo determinado para recorrer contra a negativa, além de ter todo o respaldo jurídico necessário nesse momento.

Geralmente os documentos necessários para análise do caso são a apólice do seguro, o registro do sinistro e a negativa da seguradora por escrito. Demais itens podem ser solicitados, a depender da situação.

Antes de entrar em contato nos informe seus dados abaixo: